Podcast ‘Bicho na Escuta’ conversa com dois tutores especialistas em viagens com pets. Já visitaram mais de 60 lugares pet friendly pelo Brasil e contam experiências curiosas para cães.

Hotel com cama para seu pet, hotel que serve café da manhã com comida feita especialmente para ele, piscina exclusiva para cachorros, trilhasraftingpasseios de barco e de trem, bar de gelo e até sessão de cinema. O podcast ‘Bichos na Escuta’ deu dicas de viagens e experiências para você fazer com o seu pet. Nesse episódio, Giuliana Girardi conversa com Luiz Higa Jr., que relata suas aventuras no perfil @bob_marley_goldenretriever do Instagram, e com a Patrícia Camargo, que também compartilha várias dicas e avaliações de lugares pet friendly no perfil @euvoceeospets .

Pra ouvir: clique aqui!

É importante a gente falar que os tutores têm que conhecer seus pets” — Patrícia Camargo, tutora do Armandinho e da Nina (@euvoceeospets)
“Armadinho é apaixonado por trilhas, mas tem cachorro que não gosta. Tem cachorro que não se adapta com muitos cachorros. É importante você conhecer seu pet para que a experiência seja positiva”, recomenda Patrícia, que já fez com seu marido mais de 30 viagens e visitou mais de 60 lugares pet friendly pelo Brasil.

O podcast ‘Bichos Na Escuta’ está disponível no G1, no Globoplay, no Deezer, no Spotify, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, na Amazon Music ou no seu aplicativo favorito. Siga, assine e curta o ‘Bichos na Escuta’ na sua plataforma preferida. Toda quinta-feira tem episódio novo.

Luiz Higa Jr, que gosta de viver diferentes aventuras e experiências com o Bob e o Marley, contou que chegou a ir numbar de gelo com os cães.

“Eu estava receoso porque era frio. Falei: ‘Não sei se eles vão gostar. Não sei se vai dar certo, se a gente vai conseguir ficar lá. No fim, foi uma bagunça. A gente estava em cinco goldens. A sorte é que nesse dia não tinha nenhuma outra pessoa, nenhum outro cliente. Só estava gente. Então, a gente soltou da guia. Eles correram, começaram a comer o gelo. Foi uma brincadeira, foi muito legal. Levamos uma roupinha, um moletom. Estava zero grau lá dentro”, contou.